Para sempre...

Um texto que escrevi há algum tempo :) 


-Para sempre- Disse ele.
-Para sempre é muito tempo – respondi-lhe eu na esperança que mesmo assim ficássemos uma eternidade juntos…

Para sempre não é muito tempo quando se ama! Aprendi eu depois de deixarmos os braços um do outro. E quando te deixei, quase tudo morreu em mim. … É como se tivesse desligado os meus sentidos do teu cheiro, do sabor dos teus lábios e do toque da tua pele. Esquecer de amar tudo em ti, é o mesmo que me esquecer de nós. E quanto mais longe tento ir, mais perto fico de ti. O genuíno é sempre o que fica, e se nós o éramos naquela época… Dizem que quem ama fica, eu não te deixei ficar . Ver-me sem ti dias a fio, é o mesmo que estar longe da vida. O meu coração não aprendeu a amar a longas distâncias, e foi por isso que te deixei, porque naquele preciso momento pensava que ao terminar, sofreríamos de uma só vez.

(Para sempre. Disse ele)

-Para sempre é muito tempo, porque ainda te amo e já não estás.


Escrito por: Ana Brinca.

Ana Brinca

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.

Sem comentários:

Enjoy. Com tecnologia do Blogger.

Sobre

Ana Brinca Atriz

Popular Posts

Search This Blog

Translate