Diário de uma Atriz



Diário de uma Atriz

Lisboa,23 de Novembro

Querido Diário, 
Longa é a espera nas salas de casting e longa a jornada que me levou até aqui… este caminho incerto é na verdade um tanto ou muito desmotivador.                                                                                                                                Onde estão os sonhos, que ainda guardo em mim? Onde está a esperança que quando em menina me olhava no espelho, via refletida a minha glória? Lembro-me de um texto que li na aula de interpretação, o qual foi adaptado de uma entrevista a Marilyn Moroe, e que neste momento dá voz àquilo que sinto. “Se eu não for uma grande atriz, então que seja um míserável cão” E são estas palavras que oiço constantemente a gritarem dentro de mim e que fazem todo o sentido, como se a voz dela se tornasse a minha e de todos os atores e meus colegas de profissão que estão na mesma situação que eu. Tenho 27 anos, experiência em tudo teoricamente, ou melhor, em quase nada, praticamente…. Na verdade vivo dos meus sonhos, da minha vontade, da procura e na esperança que, um dia seja vista na rua e me digam: és perfeita para o papel que tenho para ti, a personagem da minha história encaixa no teu perfil. Todos nós somos na realidade personagens que buscam sempre um final feliz, mas nem todas as histórias têm o mesmo final para todas as personagens. Umas morrem, outras nascem, crescem, aprendem e sobretudo tentam viver com o que lhes é dado, na sua incessante procura de vida. Quem disse que a minha seria fácil? Ninguém na verdade! Mas da mesma forma que escrevo no meu diário palavras concretas, quero algo assim para a minha vida. Tenho a certeza que será um novo dia, um alento e uma nova esperança que crescerá de novo para alimentar o meu sonho.

xxx Um beijo da Beatriz



Escrito por:A.B.

Ana Brinca

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.

1 comentário:

Catarina Andrade disse...

Adoro ! não tenho palavras para descrever o tão fixa que fiquei a ler isto ! Só tenho uma coisa a dizer : os sonhos são nossos, os objectivos são nossos por isso ninguém os poderá destruir por isso terás sempre a oportunidade de lutar por eles, embora nem sempre seja fácil, se nem morrer é fácil porque é que viver teria de ser? a vida é um palco de representações onde so os melhores irão vencer por isso desejo-te o maior sucesso possível !

( vindo de mim talvez seja um bocado ridículo mas pronto.. )

Enjoy. Com tecnologia do Blogger.

Sobre

Ana Brinca Atriz

Popular Posts

Search This Blog

Translate