Texto de uma pseudo-Escritora


Despedida?


Acredito em ti ! Acredito em ti !
Nas tuas doces palavras, que me atiravam para uma suave sensação e sem me aperceber fui reparando nos teus lindos traços , que se assemelhavam a um quadro renascentista. A tua voz era uma melodia que aprendi a ouvir. Aquele era um dia igual a tantos outros mas diferente porque decidi encher a casa de velas com um doce aroma que se espalhava por toda a parte. Fiz-te o jantar porque calculei que devias estar exausto ! Espreitei pela janela pois ouvi uns passos que se assemelhavam aos teus.. aqueles que quase corriam para vir ao meu encontro! Apercebi- me mais tarde, que tu nunca me deixavas bilhetes com palavras enternecedoras , que não me cobrias a cama de pétalas , e nesse dia foi diferente!

Acredito em ti , Acredito em ti !
Era a voz que eu me permitia ouvir. Tu e eu , eramos o verbo passado do sentir e o verbo presente do sofrer!

Ana B.

Ana Brinca

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.

Sem comentários:

Enjoy. Com tecnologia do Blogger.

Sobre

Ana Brinca Atriz

Popular Posts

Search This Blog

Translate